Dia Nacional de Prevenção à Obesidade

  O dia 11 de outubro é reconhecido oficialmente, de acordo com a Lei nº 11.721/ 2008, como o Dia Nacional de Prevenção à Obesidade. A obesidade é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, podendo estar relacionada a fatores nutricionais, fisiológicos, genéticos, psiquiátricos e psicológicos, comportamentais e ambientais. Combater e prevenir a obesidade são […]

 

O dia 11 de outubro é reconhecido oficialmente, de acordo com a Lei nº 11.721/ 2008, como o Dia Nacional de Prevenção à Obesidade.

A obesidade é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, podendo estar relacionada a fatores nutricionais, fisiológicos, genéticos, psiquiátricos e psicológicos, comportamentais e ambientais. Combater e prevenir a obesidade são ações urgentes diante de um problema que vem adquirindo proporções epidêmicas.

No Brasil, os números atuais mostram que a obesidade já é um problema de saúde pública.  Afeta 40% da população brasileira e é considerado fator de risco para o acometimento de doenças crônicas como diabetes e hipertensão arterial.

A prevenção contra a obesidade passa pela conscientização da importância da atividade física e da alimentação adequada. O estilo de vida sedentário, as refeições com poucos vegetais e frutas, além do excesso de alimentos com fritura e açúcar, se refletem no aumento de pessoas obesas em todas as faixas etárias.

Segundo dados da Organização Mundial de saúde mais de 42 milhões de crianças menores de 5 anos no mundo estão acima do peso. E o alerta é que crianças obesas poderão vir a ser adultos obesos, com maior probabilidade de desenvolver diabetes, doença cardíaca, altas taxas de câncer e outros problemas de saúde.

Para o diagnóstico em adultos o parâmetro utilizado é o  Índice de Massa Corporal (IMC). O cálculo é feito dividindo o peso pela altura ao quadrado. Esta fórmula possibilita diagnosticar se uma pessoa tem um peso normal (IMC entre 18,5 a 24.9), se está com sobrepeso (IMC entre 25 a 29.9) ou ainda, se está obesa (IMC superior a 30).

A gravidade da obesidade é dividida em grau I (leve) quando o IMC situa-se entre 30 e 34,9, grau II (moderada) com IMC entre 35 e 39,9 e, por fim, grau III (obesidade mórbida) na qual IMC ultrapassa 40.

Para a prevenção é necessário ter bons hábitos e se conscientizar sobre os riscos de desenvolver doenças causadas pela ingestão prolongada de alguns produtos.

A adoção de boa alimentação rica em frutas, verduras, legumes e cereais integrais, que contêm vitaminas e fibras, além de praticar atividades físicas regularmente são importantes para auxiliar na perda de peso e garantir uma boa saúde !

Outras notícias

Dia Mundial da Infância

  O Dia Mundial da Infância é comemorado em 21 de março e foi criado para propor uma conscientização coletiva sobre as condições econômicas, sociais e educacionais em que as crianças estão vivendo ao redor do mundo. A infância é a primeira etapa da vida, sendo uma fase essencial para impulsionar o desenvolvimento de uma […]

Saúde Ocular

  Boa parte das informações que recebemos durante a vida são por meio da visão, um dos principais sentidos do ser humano. Cuidar dos nossos olhos com medidas preventivas e curativas, quando necessárias, é fundamental para mantermos nossa saúde ocular em dia. As conjuntivites bacterianas, virais e alérgicas, o tracoma (uma forma de conjuntivite crônica), […]

Catapora: sintomas e transmissão

  Catapora, ou varicela, é uma infecção causada pelo vírus Varicela-zoster, altamente contagiosa, mas quase sempre sem gravidade. É uma das doenças mais comuns em crianças menores de 10 anos, tanto que mais de 90% dos adultos são imunes, pois já contraíram a doença em alguma época da vida. Uma vez exposta à catapora, a pessoa […]