Dia Nacional de Prevenção à Obesidade

  O dia 11 de outubro é reconhecido oficialmente, de acordo com a Lei nº 11.721/ 2008, como o Dia Nacional de Prevenção à Obesidade. A obesidade é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, podendo estar relacionada a fatores nutricionais, fisiológicos, genéticos, psiquiátricos e psicológicos, comportamentais e ambientais. Combater e prevenir a obesidade são […]

 

O dia 11 de outubro é reconhecido oficialmente, de acordo com a Lei nº 11.721/ 2008, como o Dia Nacional de Prevenção à Obesidade.

A obesidade é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, podendo estar relacionada a fatores nutricionais, fisiológicos, genéticos, psiquiátricos e psicológicos, comportamentais e ambientais. Combater e prevenir a obesidade são ações urgentes diante de um problema que vem adquirindo proporções epidêmicas.

No Brasil, os números atuais mostram que a obesidade já é um problema de saúde pública.  Afeta 40% da população brasileira e é considerado fator de risco para o acometimento de doenças crônicas como diabetes e hipertensão arterial.

A prevenção contra a obesidade passa pela conscientização da importância da atividade física e da alimentação adequada. O estilo de vida sedentário, as refeições com poucos vegetais e frutas, além do excesso de alimentos com fritura e açúcar, se refletem no aumento de pessoas obesas em todas as faixas etárias.

Segundo dados da Organização Mundial de saúde mais de 42 milhões de crianças menores de 5 anos no mundo estão acima do peso. E o alerta é que crianças obesas poderão vir a ser adultos obesos, com maior probabilidade de desenvolver diabetes, doença cardíaca, altas taxas de câncer e outros problemas de saúde.

Para o diagnóstico em adultos o parâmetro utilizado é o  Índice de Massa Corporal (IMC). O cálculo é feito dividindo o peso pela altura ao quadrado. Esta fórmula possibilita diagnosticar se uma pessoa tem um peso normal (IMC entre 18,5 a 24.9), se está com sobrepeso (IMC entre 25 a 29.9) ou ainda, se está obesa (IMC superior a 30).

A gravidade da obesidade é dividida em grau I (leve) quando o IMC situa-se entre 30 e 34,9, grau II (moderada) com IMC entre 35 e 39,9 e, por fim, grau III (obesidade mórbida) na qual IMC ultrapassa 40.

Para a prevenção é necessário ter bons hábitos e se conscientizar sobre os riscos de desenvolver doenças causadas pela ingestão prolongada de alguns produtos.

A adoção de boa alimentação rica em frutas, verduras, legumes e cereais integrais, que contêm vitaminas e fibras, além de praticar atividades físicas regularmente são importantes para auxiliar na perda de peso e garantir uma boa saúde !

Outras notícias

Fevereiro Laranja: Conscientização sobre a Leucemia

  A campanha Fevereiro Laranja tem o intuito de conscientizar e informar a população a respeito da leucemia, doença que tem origem na medula óssea, local do corpo em que as células de sangue são formadas. Esse tipo de câncer acomete os leucócitos, também conhecidos como glóbulos brancos, que começam a se reproduzir de maneira […]

Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos

  Na próxima semana, no dia 05 de maio, iremos celebrar o Dia Nacional do Uso Racional de Medicamentos. A data foi criada para alertar a população quanto os riscos à saúde causados pela automedicação. No Brasil, a venda de medicamentos sem apresentação da receita é um problema grave de saúde pública. Com a facilidade […]

Dia da Saúde Ocular

  No dia 10 de julho comemoramos o Dia da Saúde Ocular. A visão requer alguns cuidados e a prevenção é fundamental para diagnosticar e tratar doenças visuais e evitar a perda de visão. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 314 milhões de pessoas no mundo têm algum tipo de deficiência visual, sendo […]