Dia Mundial do Doador de Sangue

  A doação de sangue é uma ação generosa e totalmente voluntária que pode salvar vidas, pois o sangue é insubstituível. Anualmente, no dia 14 de junho, celebramos o Dia Mundial do Doador de Sangue. Essa data tem o objetivo de homenagear as pessoas que realizam este gesto de amor ao próximo, possibilitando também o […]

 

A doação de sangue é uma ação generosa e totalmente voluntária que pode salvar vidas, pois o sangue é insubstituível.

Anualmente, no dia 14 de junho, celebramos o Dia Mundial do Doador de Sangue.

Essa data tem o objetivo de homenagear as pessoas que realizam este gesto de amor ao próximo, possibilitando também o esclarecimento de dúvidas pertinentes a este ato.

Pessoas que se submetem a tratamentos planejados, clínicos ou cirúrgicos, ou a intervenções cirúrgicas urgentes de grande porte e alta complexidade, assim como a procedimentos oncológicos, dependem deste ato solidário.

O sangue é indispensável também para pacientes com doenças crônicas graves, como a doença falciforme, para melhorar a qualidade de vida.

O Ministério da Saúde reforça periodicamente a importância da adoção, pelos brasileiros, da cultura da doação regular e espontânea de sangue. O objetivo é manter os estoques sempre abastecidos e não apenas em datas específicas ou quando algum conhecido precisar.

Em termos gerais, somente 1,8% da população brasileira entre 16 e 69 anos doam sangue, sendo considerado pela ONU como “ideal” uma taxa entre 3% a 5% de doadores na população, como ocorre no Japão e nos Estados Unidos.

Quer saber se você pode doar sangue? De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), são elegíveis a doação de sangue:

  • Homem ou mulher;
  • Entre 16 e 68 anos;
  • Ter acima de 50 quilos;
  • Não ser portador de Hepatite B, Hepatite C, Doença de Chagas, Sífilis, AIDS (HIV), HTLV;
  • Mulheres grávidas devem esperar entre 90 e 180 dias após o parto para doar sangue;
  • Se estiver gripado, esperar no mínimo 7 dias após a recuperação para doar;
  • Após uma doação, as mulheres devem esperar 90 dias para fazê-lo novamente. No caso dos homens o intervalo deve ser de 60 dias.

Cuidados pós-doação de sangue

  • Evite esforços físicos exagerados por pelo menos 12 horas;
  • Aumente a ingestão de líquidos;
  • Não fume por cerca de 2 horas;
  • Evite bebidas alcoólicas por 12 horas;
  • Mantenha o curativo no local da punção por, pelo menos, quatro horas;
  • Não dirija veículos de grande porte, não trabalhe em andaimes e não pratique paraquedismo ou mergulho;
  • Faça um pequeno lanche e hidrate-se. É importante que o doador continue se sentindo bem no dia em que efetuou a doação.

Seja um doador de sangue, pratique o bem!

Outras notícias

Dia Mundial do Rim

  O Dia Mundial do Rim é celebrado no dia 9 de março para conscientizar a população sobre a importância dos rins para a saúde. A iniciativa da Sociedade Internacional de Nefrologia tem como objetivo promover a prevenção das doenças renais e os problemas de saúde associados a elas. Principais funções dos rins: – Filtram […]

Setembro Verde

  Doação de órgãos é um ato nobre e generoso, que pode salvar vidas. A campanha Setembro Verde tem o objetivo de conscientizar e orientar a população quanto à importância da doação de órgãos.  O transplante pode ser a única oportunidade para pessoas que precisam de órgãos vitais, como o coração, ou para devolver a […]

Dia Mundial do Câncer

  O Dia Mundial do Câncer, criado em 2000, tem como objetivo aumentar a conscientização e a educação sobre a doença, que possui tendência de aumento dos casos nos próximos anos. Atualmente 7,6 milhões de pessoas morrem por ano no mundo devido a esta doença. Dessas, 4 milhões têm entre 30 e 69 anos, e […]