Dia da Criança Especial

O Dia da Criança Especial é comemorado no dia 09 de dezembro e foi instituído para chamar atenção sobre a necessidade de respeitarmos crianças portadoras de deficiências físicas ou psicológicas, bem como procurarmos entender melhor sobre o universo delas a fim de que possamos, ao compreender, proporcionar melhor qualidade em suas vidas. As crianças especiais […]

O Dia da Criança Especial é comemorado no dia 09 de dezembro e foi instituído para chamar atenção sobre a necessidade de respeitarmos crianças portadoras de deficiências físicas ou psicológicas, bem como procurarmos entender melhor sobre o universo delas a fim de que possamos, ao compreender, proporcionar melhor qualidade em suas vidas.

As crianças especiais costumam levar consigo um sentimento de exclusão social, por serem vistas como diferentes. Nesta data é importante ressaltar a importância da convivência entre as pessoas, induzindo à reflexão em relação às formas de inclusão. É fundamental que a sociedade aceite e entenda a diversidade como algo positivo, para que tenhamos uma sociedade inclusiva.

Fazem parte deste grupo crianças com diagnóstico de Autismo, deficiência mental, auditiva e visual, Síndrome de Down e outras síndromes menos conhecidas, mas que também interferem no relacionamento com a sociedade.

O autismo é um transtorno de desenvolvimento que aparece nos três primeiros anos de vida, e que compromete as habilidades de comunicação e interação social. As causas ainda são desconhecidas.

A Síndrome de Down é causada por uma alteração no cromossomo 21. Os portadores desta síndrome têm 47 cromossomos em suas células, em vez de 46. No que diz respeito ao comportamento e aprendizado, a pessoa com síndrome de Down não apresenta qualquer limitação, sendo capaz de fazer tudo que qualquer outra pessoa faz.

A inclusão das crianças especiais vem sendo discutida pela sociedade. Nas escolas estas crianças já são inseridas no convívio diário com outras crianças, sem qualquer problema, frequentando juntas as salas de aula e com acesso ao mesmo conteúdo trabalhado com as demais crianças.

Há diferença apenas em relação à atenção necessária por parte da escola e dos profissionais envolvidos. Na maioria das vezes, professores são escalados para fazer acompanhamentos específicos, o que também se soma ao acompanhamento de terapeutas e médicos.

Precisamos aprender com a mãe de uma criança especial, que disse: “Aprendi que o sorriso é uma linguagem universal. E que o amor não precisa de voz.”

Outras notícias

Março Lilás: Prevenção do Câncer do Colo Uterino

  Março chega com uma importante campanha de conscientização que estimula a população feminina a tomar os cuidados necessários para a prevenção do câncer de colo uterino. O câncer do colo de útero é um dos cânceres com maior potencial de prevenção, pois está associado à infecção pelo vírus HPV (Papiloma Vírus Humano). A manifestação […]

Dia Internacional da Luta contra Endometriose

  Na última terça-feira foi celebrado o Dia Internacional da Luta contra Endometriose. Essa campanha possui o objetivo de conscientizar a população sobre a doença. Segundo dados da Associação Brasileira de Endometriose, cerca de 15% das mulheres em idade de reprodução (dos 13 aos 45 anos), são atingidas pela endometriose. Estima-se que no Brasil uma […]

Saúde Ocular

  Boa parte das informações que recebemos durante a vida são por meio da visão, um dos principais sentidos do ser humano. Cuidar dos nossos olhos com medidas preventivas e curativas, quando necessárias, é fundamental para mantermos nossa saúde ocular em dia. As conjuntivites bacterianas, virais e alérgicas, o tracoma (uma forma de conjuntivite crônica), […]